FacebookPixel
Notícias
Acompanhe as ultimas novidades sobre o mercado imobiliário!
Notícias
Voltar \ Comprar ou arrendar? Eis a questão.

Comprar ou arrendar? Eis a questão.

09 abr 2018
Comprar ou arrendar? Eis a questão.
Comprar
O mercado está em alta. Os preços de venda estão elevados e as rendas também. Qual será a melhor opção? Deve Comprar casa ou arrendar?Neste artigo apresentamos um estudo que o pode ajudar a tomar a decisão.

O que fica mais barato, comprar ou arrendar casa?

Sabe quais os custos  inerentes ao processo de compra de um imóvel?


Com o crescimento generalizado do mercado e o aumento do valor dos imóveis é fácil pensar que arrendar é mais barato. Mas a resposta a esta pergunta está nos custos associados à compra e no preço do dinheiro emprestado para aquisição de habitação.


Em 2007 uma equipa da revista Dinheiro & Direitos saiu á rua para esclarecer esta questão, e concluiu que nessa altura era mais barato arrendar do que comprar. Passados três anos em 2010 com a crise imobiliária no auge e com o preço das casas em baixa histórica, já éra mais barato comprar do que arrendar, pelo menos para quem tivesse algum capital próprio e não precisasse de financiamento.
 

E hoje? O mercado está em alta, os preços de venda são elevados bem como as rendas, principalmente nas cidades mais cosmopolitase turisticas, e os juros do crédito à habitação estão baixos graças a uma Euribor abaixo de zero. O que mais compensa para quem quer uma casa para morar?

 

A equipa da Dinheiro & direitos voltou ao terreno e tomando por base um apartamento t2 de 100 m2 nas cidades de Lisboa, Porto, Braga, Castelo, Branco e Faro, e concluiu o seguinte:
 

Ao início comprar casa é mais caro, visto que exige um investimento inicial de pelo menos 20% do preço do imóvel, e ainda se tem que contar com todas as despesas do processo de aquisição: Despesas processuais do banco, impostos, escritura e registro, e seguros exigidos. Quem compra tem de ainda contar com despesas de condomínio, obras (caso necessite) e IMI.

“Custa muito, literalmente, ser proprietário. Bem mais do que ser arrendatário, a quem cabe pagar, basicamente, uma caução inicial e uma renda mensal, por norma atualizada todos os anos ao ritmo da inflação”, defendem os autores do estudo. No caso do apartamento t2 de Lisboa, para a aquisição precisa de 56 mil euros (20% do valor). A este custo deve somar gastos notariais e de registo, o imposto municipal sobre as transmissões onerosas de imóveis (IMT), imposto de selo sobre o valor da aquisição (0,8%) e do crédito (0,6%), e ainda as despesas por conta das comissões iniciais referentes ao empréstimo.

 

Depois de tudo isto, e somando ainda a prestação dos prémios anuais dos seguros de vida e multirriscos exigidos pelo banco e as despesas com o condomínio, feitas as contas ao mês, a fatura da compra do imóvel ainda é ligeiramente mais leve do que arrendamento.

No entanto quando acrescentamos o valor do imposto municipal de imóveis (IMI), pago anual ou semestralmente e obrigatório para quem compra casa, a fatura do arrendamento revelou-se menos cara. E claro, para quem arrenda ainda é possível deduzir no IRS 15% das rendas pagas até ao limite anual de 502 euros.
 

O estudo conclui que ao fim de 30 anos, comprar casa em Lisboa é mais vantajoso: gastam-se menos 50 mil euros. Em Braga, também é mais vantajoso comprar, apesar do valor de poupança ao final dos 30 anos já só ser de 16 mil euros, e da diferença entre a prestação mensal de compra e de renda ser de apenas 20 euros.

A conclusão é a mesma para  as cidades do Porto e de Faro, tomando em consideração os custos de curto e médio prazo.
 

Trocando por miúdos:
Arrendar é um processo menos oneroso no curto prazo e sem grandes preocupações. Permite mobilidade para quem pretende não ficar muito tempo numa determinada zona.

Mas a aquisição revela-se mais barata no longo prazo, um investimento para quem quer ter ou deixar patrimonio e pensa no futuro, onde (se já tiver o empréstimo pago) vai poder amealhar algum dinheiro e poupar.

Seja qual for a sua situação atual, na HABITAVISEU estamos disponíveis para o ajudar a encontrar o melhor negócio para que possa ter a casa dos seus sonhos. Temos soluções para arrendamento e aquisição à dimensão das suas necessidades gosto e capacidade financeira.
 

Contacte-nos e marque visita a um dos nossos imóveis.

 
 
 
Veja Também
  • Como preparar um apartamento para arrendar? 20 set 2019
    Arrendamento
    Como preparar um apartamento para arrendar?
    Alugar um apartamento é um processo cuidadoso. Neste sentido, apresento-lhe seis sugestões de como deve preparar um apartamento se efetivamente estiver interessado em arrendá-lo.
  • Curiosidade: A moda das lojas-casas 21 dez 2020
    Reabilitação urbana
    Curiosidade: A moda das lojas-casas
    Atualmente, aproveitam-se todos os m2 para habitação incluindo os estabelecimentos comerciais. Existem pessoas que não se importam de viver junto às montras, com preços mais convidativos.
  • Como calcular o preço de venda da sua casa? 13 mar 2018
    Vender , Comprar
    Como calcular o preço de venda da sua casa?
    Uma vez tomada a decisão de mudar de casa, a pergunta quase imediata que surge na mente de quem quer vender é: E quanto vale a minha casa? Neste post vamos explicar-lhe como fazemos para avaliar um (...)